BBP

Best Busines Plan – BBP

Introdução

JCI lançou este novo programa em 2001, com o objetivo de fomentar o espírito empresarial entre os membros e a comunidade em geral. A JCI proporciona à empreendedores jovens as ferramentas e a oportunidade para converter uma idéia num plano empresarial concreto. Desde sua introdução, o Concurso BBP da JCI tem ajudado a tornar realidade vários novos empreendimentos.

Hoje em dia, decidir ser um empreendedor é uma decisão profissional honrosa. A atividade empresarial se promove cada vez mais como a futura impulsionadora da economia avançada. Os governos, as instituições educacionais e as organizações não governamentais têm estabelecido programas dirigidos a antecipar e fomentar o espírito empresarial.

De igual forma, é importante contar com empresários que estejam comprometidos com os valores, a integridade e os princípios sociais. Através deste programa, a JCI pretende não só oferecer ajuda aos jovens empreendedores mediante um prêmio, mas também ajudar a formar parte de uma rede mundial de líderes empresariais jovens que possuem estas mesmas características. A oportunidade de estabelecer amizades e relações com estes líderes é muito valiosa.

Este concurso é aberto a jovens empreendedores entre 18 a 40 anos. Para participar, não é necessário ser membro da JCI.

 

Como redigir um plano de negócios

O que é um plano de negócios?
O Plano de Negócios talvez seja o documento mais importante que um empresário pode criar. O plano serve de guia para dirigir os primeiros anos da empresa, assim como para dar aos futuros investidores uma idéia sobre a estrutura, as metas e os planos futuros da empresa.

Quais são os componentes que fazem parte de um plano empresarial?
As seguintes informações foram tiradas de “Business Plan Development Guide” escrita por Alex F. de Noble e Audrey B. Voyles:

Seção 1 – Resumo Executivo
O propósito do resumo executivo é provocar o interesse dos investidores e entidades financeiras que desejem conhecer mais sobre a empresa. É provável que estes investidores não se dediquem mais de que 3 a 5 minutos a ponderar a proposta antes de tomar uma decisão preliminar. No entanto essa sessão é a primeira, e em certa medida é a mais importante. A sessão deve destacar os assuntos mais importantes e não deve ter mais do que duas ou três páginas. O resumo executivo deve incluir as seguintes informações:

  • Perfil da empresa
  • Natureza do produto ou serviço que oferece
  • Tamanho e tendência de crescimento do mercado
  • Composição e experiência profissional da equipe gerencial
  • Requisitos de financiamento
  • Principal projeção (vendas, lucro claro, ingresso claro).
  • Uso que se dará aos fundos
  • Estratégia de saída ou entrada, incluído o rendimento sobre o investimento.

O resumo objetivo é o último que se redige, quando se está completando o resto do plano.

Sessão 2 – Descrição do Negócio
Esta sessão do plano empresarial deve proporcionar ao leitor uma idéia mais detalhada sobre a companhia e a natureza do produto ou serviço que se oferece. Deve incluir o seguinte:

  • Declaração da Missão
  • História que motivou a idéia ou o negócio atual
  • Forma jurídica atual ou proposta para a companhia
  • Estratégia de entrada proposta e cronologia dos eventos
  • Descrição do produto ou serviço inicial (incluída qualquer melhoria competitiva que se antecede)
  • Investigação e desenvolvimento do produto

Sessão 3 – Análise do Mercado
O principal objetivo desta sessão é convencer o leitor de que existe um mercado cheio de oportunidades e que o empresário tem suficiente conhecimento sobre este mercado como para capturar um segmento o suficientemente grande para sustentar a nova empresa. O empresário pode obter isso ao atender as seguintes áreas:

  • Descrição da indústria
  • Mercado identificado como objetivo
  • Investigação do mercado
  • Competência
  • Barreiras que impedem a entrada

Sessão 4 – Equipe Gerencial
A solidez da equipe gerencial carrega um papel fundamental na decisão dos investidores e das entidades financeiras para financiar uma empresa. O objetivo desta sessão é convencer o leitor de que o empresário conta com uma equipe de gerência que pode manejar eficazmente o produto ou serviço no mercado e fazer da empresa um sucesso. As principais áreas que devem ser abrangidas são:

  • Preparação e responsabilidade primária da equipe gerencial
  • Estrutura organizacional
  • Junta Diretiva / Assessores
  • Propriedade

Sessão 5 – Operação
Esta sessão deve apresentar uma perspectiva geral sobre a estratégia para programar o plano empresarial. O objetivo é que o empresário demonstre que entendeu como se programará o plano. Além disso, esta sessão o ajudará a enfocar-se nos custos relacionados com a execução do plano. O empresário deve certificar-se de incorporar as suposições feitas nesta sessão para as suposições incluídas na sessão financeira do plano empresarial. Dependendo do tipo de negócio, o empresário deve tratar os seguintes campos:

  • Estratégia de mercado
  • Plano de produção
  • Pessoal
  • Apoio ao cliente
  • Futuros planos de investigação e desenvolvimento

Sessão 6 – Riscos Críticos
Nesta sessão, o empresário deve identificar os possíveis problemas que poderão trazer um impacto negativo considerável sobre a nova companhia. Ao revelar esta possibilidade, o empresário também deve saber de antemão que existem riscos relacionados com a empresa. Este tipo de enfoque ajudará para aumentar o respeito do leitor pelo empresário. A sessão deve abranger as seguintes áreas:

  • Riscos externos
  • Riscos internos
  • Cobertura de seguro
  • Planos de contingência

Sessão 7 – Projeção Financeira
O propósito da sessão financeira do plano é convencer o leitor que a empresa tem sentido do ponto de vista financeiro. O empresário deve ter a capacidade de traduzir a idéia em uma série convincente de projeções financeiras relacionadas com a obtenção, destinação, rendimento sobre o investimento e manejo do efetivo. Se a companhia não tem uma história de operações, então esta sessão só tratará das projeções financeiras. A sessão deverá incluir a seguinte informação:

  • Projeção financeira para os primeiro anos, por mês.
  • Projeção financeira para os primeiros anos, por trimestres.
  • Previsão de cinco anos
  • Análise do ponto de equilíbrio ou início da rentabilidade
  • Análise de razões
  • Estratégia de saída

Sessão 8 – Anexos
O objetivo dos anexos é prover documentação adicional que sustente o plano empresarial. Esta sessão brinda aos possíveis investidores a opção de verificar informações mais detalhadas, caso desejem. No mínimo, deve assegurar-te de incluir nos anexos toda informação que fizer referência no plano. A seguir, uma lista de materiais que devem ser incluídos nos anexos:

  • Detalhes que expliquem as vantagens contributivas relacionadas com a estrutura proposta para a nova empresa.
  • Cópias de patentes, marcas registradas e direitos de propriedade que se têm completado.
  • Críticas realizadas por companhias independentes, públicas ou agências externas.
  • Cartas que expressem interesse pela compra do produto ou serviço.
  • Questionários utilizados para reestruturar dado como parte da investigação do mercado.
  • Resultado detalhado dos estudos de mercado que sustentam a posição de mercado.
  • Acordos de não competência firmados pela gerência e os principais colaboradores, em particular se têm um papel fundamental na invenção do novo produto.
  • Currículum dos principais integrantes da equipe gerencial e assessores técnicos.
  • Lista de preços dos competidores.
  • Folheto ou material promocional que descrevam o produto ou serviço.

 

Para maiores informações sobre como participar neste grande programa, por favor mantenha contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *